Mentores de Ferramentas > Conjunto de Ferramentas do Rational Rose > Mentores de Ferramentas do Rational Rose > Design e Modelagem de Bancos de Dados Usando o Rational Rose Data Modeler

Finalidade

Este mentor de ferramentas descreve a criação de um modelo de dados com o Rational Rose Data Modeler e a geração de uma nova DDL ou de um esquema de banco de dados a partir do modelo de dados Rose.

Informações relacionadas no Rational Unified Process: Atividade: Design de Banco de Dados.

Visão Geral

Os recursos do Rose Data Modeler permitem ao designer do banco de dados e ao desenvolvedor de software comunicar requisitos usando a mesma ferramenta. Como designer ou desenvolvedor de banco de dados, você pode usar o Rose Data Modeler para modelar e projetar bancos de dados, a fim de integrar aplicativos e bancos de dados.

É possível modelar e projetar um banco de dados usando um modelo de objeto transformado em um modelo de dados ou fazendo a engenharia reversa de um esquema de banco de dados existente ou de um script de DDL para criar um modelo de dados. Com as opções de transformação do Rose Data Modeler, é possível integrar designs de aplicativo e de banco de dados. As opções de transformação fazem o mapeamento dos elementos contidos em um modelo de objeto para criar um modelo de dados ou transformam elementos em um modelo de dados para criar um modelo de objeto. É preciso entender os conceitos de análise e de design orientados a objetos (OOAD) e a Linguagem Unificada de Modelagem (UML) para criar o modelo de objeto. A criação de um modelo de dados exige conhecimentos sobre design de banco de dados relacional. O Rose Data Modeler usa a terminologia de banco de dados e os estereótipos UML para representar elementos de banco de dados.

O Rose Data Modeler usa ou cria três tipos de modelo — o modelo de objeto, o modelo de dados e o modelo de armazenamento de dados opcional. Um modelo de objeto representa as classes, seus comportamentos e os relacionamentos entre elas. O diagrama de classes do Rose representa uma visão do modelo de objeto. Um modelo de dados  representa a estrutura do banco de dados, conforme implementado pela empresa. O modelo de armazenamento de dados opcional representa a estrutura de armazenamento físico do banco de dados.

Usando um diagrama de classes do Rose, criado por um desenvolvedor de software, é possível criar um diagrama de modelo de dados Rose. No diagrama de classes do Rose, você modela as classes necessárias para integrar o aplicativo com o banco de dados. Somente classes persistentes são transformadas de modelo de objeto em um modelo de dados Rose. As classes persistentes devem ser atribuídas a um componente e devem estar localizadas no mesmo pacote lógico.

Passos na Ferramenta

Existem três maneiras pelas quais você pode começar a modelar um banco de dados, usando o Rose Data Modeler:

  1. Fazer engenharia reversa de um script de DDL ou de um esquema de banco de dados
  2. Transformar um modelo de objeto em um diagrama de modelo de dados
  3. Criar um modelo de dados

No diagrama de modelo de dados, use o Forward Engineering Wizard do Rose Data Modeler para gerar e executar um script de DDL, a fim de criar um esquema de banco de dados.

1. Fazer engenharia reversa de um script de DDL ou de um esquema de banco de dados Início da página

Use o Reverse Engineering Wizard, do Rose Data Modeler, para gerar um modelo de dados. É possível fazer a engenharia reversa de um script de DDL ou de um esquema de banco de dados para um DBMS compatível com o Rose Data Modeler. O Rose Data Modeler suporta os bancos de dados padrão ANSI SQL 92 ou os seguintes DBMSs:

  • DB2 DBMS versões MVS e UDB
  • Oracle DBMS 
  • SQL Server DBMS 
  • Sybase Adaptive Server 

O Reverse Engineering Wizard lê o esquema de banco de dados ou o arquivo DDL e cria um diagrama de modelo de dados que inclui os nomes de todas as entidades de identificador citadas. Dependendo do DBMS, o Reverse Engineering Wizard, do Rose Data Modeler, modela tabelas,  relacionamentos entre tabelas, procedimentos armazenados, índices e triggers no diagrama de modelo de dados.

No diagrama de modelo de dados, adicione tabelas, defina relacionamentos, índices e domínios e aplique a terceira forma normal aos elementos. Em seguida, transforme o modelo de dados em um modelo de objeto ou faça a engenharia direta do modelo de dados para gerar um script de DDL ou um esquema de banco de dados. 

2. Transformar um modelo de objeto em um diagrama de modelo de dados Início da página

Com o Rose Data Modeler, você pode transformar um modelo de objeto para criar um modelo de dados Rose. Antes de transformar um modelo de objeto em um diagrama de modelo de dados:

  • Defina o estado das classes como persistente.
  • Atribua classes a um componente que use as linguagens Java, Visual Basic ou Analysis.
  • Agrupe as classes no mesmo pacote lógico.

Os elementos de modelo de objeto são transformados em elementos de modelo de dados usando o mapeamento de tipos de dados específicos do DBMS selecionado. Após concluída a transformação, comece a trabalhar no diagrama de modelo de dados Rose. No diagrama de modelo de dados, capture as mudanças exigidas no esquema de banco de dados, necessárias à integração com o aplicativo de software. No diagrama de modelo de dados, use o Forward Engineering Wizard para gerar um arquivo DDL ou um esquema de banco de dados.

3. Criar um modelo de dadosInício da página

Crie um modelo de dados usando o Rose Data Modeler. Primeiro, modele um esquema. Para modelar um esquema, crie um banco de dados para um DBMS compatível com o Rose Data Modeler. A criação de um banco de dados ativa a conectividade DBMS e os recursos de engenharia direta do Rose Data Modeler, além das funções de comparação/sincronização. 

Em seguida, crie um esquema e o atribua ao banco de dados. Crie um diagrama de modelo de dados para modelar seu esquema. Ao criar um modelo de dados no Rose Data Modeler, é preciso criar um diagrama de modelo de dados, em vez de um diagrama de classes Rose, para ilustrar graficamente  as tabelas e seus relacionamentos em um modelo de dados. 

Adicione tabelas ao esquema no diagrama de modelo de dados. É possível criar um modelo de dados definindo tabelas, colunas, chaves (primária e exclusiva), restrições e índices e também estabelecendo relacionamentos entre tabelas. Para cada tabela, crie colunas, atribua tipos de dados compatíveis com o DBMS, declare uma chave primária e aplique restrições. Estabeleça relacionamentos entre tabelas no esquema. No Rose Data Modeler, também é possível criar triggers, domínios e procedimentos armazenados personalizados. Após ter concluído o diagrama de modelo de dados, use o Forward Engineering Wizard, do Rose Data Modeler, para gerar um script de DDL ou um esquema de banco de dados.

Modelo de Armazenamento de Dados Início da página

O armazenamento físico dos dados é modelado através da criação de um modelo de armazenamento de dados. Um modelo de armazenamento de dados consiste em um banco de dados contendo um ou mais espaços de tabela. Um espaço de tabela é um elemento de armazenamento lógico que armazena os dados de tabela. É possível atribuir uma ou mais tabelas ao espaço de tabela e distribuir, de modo uniforme, os dados de tabela em um ou mais contêineres. Um contêiner é um dispositivo de armazenamento físico, como disco, arquivo ou diretório. Cada contêiner é segmentado em extensões ou páginas e medido em kilobytes. 

Ao criar um modelo de armazenamento de dados, crie primeiro um banco de dados. Em seguida, crie um espaço de tabela. Como parte da criação do espaço de tabela, você pode atribuí-lo a um ou mais contêineres e a uma ou mais tabelas. Quando você cria um espaço de tabela, um relacionamento de dependência é automaticamente criado entre o banco de dados e o espaço de tabela.

Engenharia Direta em um Modelo de Dados Rose Início da página

Use o Forward Engineering Wizard, do Rose Data Modeler, para gerar uma DDL ou um esquema de banco de dados a partir do diagrama de modelo de dados. O Forward Engineering Wizard lê o esquema no modelo de dados e gera um script de DDL para o DBMS especificado no assistente. No assistente, é possível executar o script de DDL para gerar um esquema de banco de dados.

No Forward Engineering Wizard, você seleciona opções para gerar:

  • Tabelas
  • Índices
  • Triggers
  • Procedimentos Armazenados
  • Visões
  • Espaços de Tabelas
  • Nomes totalmente qualificados para prefixar o nome do esquema para nomes de tabelas
  • Identificadores citados para tabelas, colunas e esquemas necessários para localização, usando o conjunto de códigos de byte duplo (DBCS)
  • Declarações drop SQL para sobrescrever scripts de DDL, elementos de bancos de dados ou comentários existentes.

Para obter detalhes, consulte a ajuda on-line do Rose Data Modeler.

Copyright  (c) 1987 - 2001 Rational Software Corporation


Exibir o Rational Unified Process usando quadros

Rational Unified Process